XVI JORNADAS NACIONAIS DE SAÚDE

“Promovendo a Intersectorialidade e a Participação Comunitária para o Alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável”

Decorreram do dia 12 a 20 de setembro as XVI JORNADAS NACIONAIS DE SAÚDE  sob o lema “Promovendo a intersectorialidade e a participação comunitária para o alcance dos objectivos de desenvolvimento sustentável”, organizado pelo Instituto Nacional de Saúde, em colaboração com instituições públicas de Ensino Superior com acção na área de saúde (Apresentadas na imagem a baixo) .

maxresdefault

Este evento é organizado a cada 3 anos e constituem actualmente uma tradição institucional cujo início foi em 1976, ano em que a província de Nampula foi a anfitriã do evento com duração de 9 dias que contou com a presença de 60 participantes. Desde 1990 todas as edições das jornadas nacionais realizam-se na cidade de Maputo e esta última reuniu  cerca de 1500 delegados de todo o país e 551 trabalhos de investigação  apresentados  nas diferentes áreas de saúde, incluindo trabalhos da equipe técnica do Centro de Investigação Operacional da Beira que participou activamente através de apresentações orais e Poster de pesquisas que teêm vindo a ser realizadas no decorrer dos anos, em particular de 2015.

O encontro foi aberto pelo Vice-Ministro da Saúde, João Leopoldo da Costa, que no seu discurso defendeu que a eficiência e a qualidade do Sistema Nacional de Saúde podia advir da investigação e do debate dos resultados obtidos. “Temos que, no dia-a-dia, discutir os problemas da saúde, questionando por que este resultado e não este resultado. É importante criarmos em nós esta cultura de investigação”, apelou o ministro. Participou igualmente na cerimônia de abertura a vice-ministra da Ciência, Tecnologia Ensino Superior e Técnico profissional, Leda Hugo, que na sua intervenção manifestou o desejo de ver a investigação científica a melhorar a saúde das comunidades.

Foram convidados pesquisadores internacionais provenientes de África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Congo, Estados Unidos da América, Reino Unido, Suíça e Zimbabwe que junto com pesquisadores, académicos e especialistas em saúde nacionais encontraram-se  para a divulgação e discussão de resultados da investigação científica em saúde realizada no país, actualização sobre temas relevantes para a saúde pública a nível global e nacional, interacção entre a comunidade científica nacional, profissionais da saúde e fazedores de política, dinamização do diálogo entre os produtores de evidência científica e fazedores de política, e intercâmbio entre a comunidade científica nacional, profissionais da saúde e fazedores de política.

O programa científico do evento compreendeu sessões plenárias, em número de três; sessões paralelas temáticas, em número de 34; e simpósios, em número de 16. (Acesse o https://www.ins.gov.mz/ para conhecer o Programa Científico detalhado das XVI Jornadas Nacionais de Saúde )

Os temas abordados nestas Jornadas Nacionais incluiram uma diversidade de assuntos relevantes para a saúde e bem-estar, doenças infecciosas, doenças não transmissíveis, nutrição, saúde mental, determinantes sociais da saúde e bem-estar, bem como sistemas de saúde.

Fontes:

http://jornadas.insconferencias.co.mz

http://opais.sapo.mz/iniciaram-x-jornadas-nacionais-de-saude-em-maputo

https://www.ins.gov.mz/

About The Author

Related posts

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: